Vídeos

URGENTE VEJA




" });

Notícias em Foco

Mundo dos Esportes

Noticias Itaocara e Região

Saúde em Ação

RÉVEILLON NO UNIÃO 2017

RÉVEILLON NO UNIÃO 2017
CLICK NA FOTO

Galeria de Fotos

» » » Palinha da Câmara Sessão da Câmara do dia 26/06/2014




As EMENDAS de autoria do Vereador Jaderson Aleixo diz o seguinte:

original do projeto Art. 1º  ARTIGO 2º  do Projeto de Lei nº 008/2014 que diz

" O  Conselho Municipal de trabalho, Emprego e Renda é deliberativo de composição tripartite e paritária, e será composto por representantes do Poder Público, Empregadores e dos Empregados, cujo titulares e suplentes serão indicados pelas respectivas organizações, dentre as mais representativas e atuantes, constituindo-se por 09 membros da seguinte forma:

I 03 representantes do Poder Executivo, a serem escolhidos por ato do Prefeito.
II - 03 representantes dos trabalhadores
III - 03 representantes dos empregadores
Paragrafo 1º - Cada representante efetivo terá um suplente, cujo mandato será de três anos, permitida uma única recondução.

PARAGRAFO 4º - A câmara Municipal Poderá ser representada no COMTER por um vereador, indicado pelo Presidente da casa, QUE NÃO TERÁ DIREITO A VOTO.


EMENDA MODIFICATIVA 010/2014 -  PASSARIA A SER:

" O  Conselho Municipal de trabalho, Emprego e Renda é deliberativo de composição tripartite e paritária, e será composto por representantes do Poder Público, Empregadores e dos Empregados, da Câmara de Dirigentes Logistas, Loja Maçônica de Itaocara e da Câmara Municipal de Itaocara, cujos titulares e Suplentes serão indicados pelas respectivas organizações, dentre as mais representativas e atuantes, constituindo-se por 11 membros, da seguinte forma:

I - 02 representantes do Poder Executivo, a serem escolhidos por ato do Prefeito.
II - 03 representantes dos Empregadores, regularizados no comércio local.
III - 03 representantes dos empregadores, indicados pela Câmara de Dirigentes Logistas (CDL)
IV - 01 membro ativo da Loja Maçônica de Itaocara, indicada pelo Venerável.
V - 02 representantes da Câmara Municipal de Itaocara, indicado pelo Presidente.

Artigo 2º - Modifica a redação do parafrafo 3º do Artigo 2º do Projeto de lei 008/2014, passa a ter a a seguinte redação.

Paragrafo 3º O Sistema de rodizio entre as bancadas dos trabalhadores, dos empregados, do Executivo, do Legislativo e do membro da ordem Maçônica do Município.

Artigo 3º - Modifica a redação do artigo 5º , que passará a ter a seguinte redação:

Artigo 5º - O COMTER terá uma Secretaria Executiva, à qual compete às ações de cunho operacional demandadas pelo Conselho e o fornecimento das informações necessárias às deliberações, não terá o direito a voto, e não poderá fazer parte da bancada de diretores e nem parentesco direto com os representantes.

Artigo 4º - Esta emenda entrará em vigor na data de sua publicação, produzindo seus efeitos jurídicos a partir desta data, revogadas as disposições em contrario ou incompatível

O vereador falou de sua indignação sobre esta postura antidemocrático do governo Gelsimar Gonzaga (PSOL) .


Falou tbm de seu Projeto  Lei 005/2014 que cria  o Projeto Empresas Amigas da Cultura


Com este veto, esta emenda passa pelo crivo da Câmara que terá nova votação para derrubar, assim derrubada já ficará automaticamente vigente ao Projeto.

A Vereadora Aveline Abbud endossou as palavras do Vereador Jarderson  sobre o Veto de sua emenda e também sobre a iluminação do Engenho, disse que respeitava por ele ter feito, mas não cabia aos confetes e louros quanto a esta obra uma vez que pagamos impostos de iluminação pública onde tem uma arrecadação mensal ( dados de 2013 fornecido em requerimento pelo Executivo) de R$ 80.000,00 mais ou menos que ao ano há um uma arrecadação de R$ 960.000, então isso não passava de uma obrigação. 

Falou também que tal atitude já  é costumeiro do Prefeito esconder da população os benefícios vindo do Estado como o trabalho nas estradas vicinais. 
Veja o Vídeo que digo de passagem que foi muito lucida e coerente em sua fala. Parabéns.



O vereador Edson da Sinuca também foi a tribuna e falou que mesmo lutado desde o governo passado pela iluminação da estrada de Laranjais a Engenho Central e não ser convidado pelo Prefeito, ele fica feliz desta conquista que considera tbm sua, como tbm a água no Engenho que foi um Projeto do Governo passado com a CEDAE  onde ele acompanhou ativamente como tbm a pedido dele ao Deputado Christino Aureo que conseguiu 145 hidrometro.

E disse, como Laranjais e Engenho já conseguiu a iluminação em um tom de brincadeira, ele passaria a criação de vaga-lumes para o Vereador Batista para levar para Jaguarembé.

O vereador Ruy Eccard e Vereador João Batista  endossaram as palavras do vereador Jaderson e Aveline Abbud.

Minha Opinião

Como este veto mais uma vez só vem a confirmar o que ao longo deste governo venho batendo sobre a farsa sobre as assembleia, ditas populares que nada de democrático existe, existe um circo formado onde os contratados ficam a mercê do poder público por medo de perder seus preciosos cargos.

Chega a ser vergonhosa ou melhor é lamentável que chega a beira do ridículo atitude como esta.
Oferece a participação dos vereadores mais veta o voto, veta a participação do representante do comercio , veta a representação da maçonaria.
E vale ressaltar as palavras da Vereadora Aveline, Conselho este de uma secretaria que não faz nada somente serviu de cabide de emprego.

Mais uma vez mostra a intransigência e a farsa e cai a mascara mais uma vez deste governo do partido PSOL.

«
Next
»
Previous