Vídeos

URGENTE VEJA




" });

Notícias em Foco

Mundo dos Esportes

Noticias Itaocara e Região

Saúde em Ação

RÉVEILLON NO UNIÃO 2017

RÉVEILLON NO UNIÃO 2017
CLICK NA FOTO

Galeria de Fotos

» » Israel e Hamas anunciam cessar-fogo permanente

"TEL AVIV — O anúncio de um acordo de cessar-fogo duradouro entre Israel e o grupo islâmico Hamas, da Faixa de Gaza, costurado no Cairo por moderadores egípcios, pegou de surpresa cidadãos dos dois lados da fronteira 50 dias depois do começo do mais recente embate entre israelenses e o Hamas, que deixou 2.140 mortos do lado palestino e 70, do israelense. 

A reação também foi diametralmente oposta em meio a especulações sobre quem “ganhou” e quem “perdeu” com o acordo. Enquanto em Gaza a população foi às ruas comemorar o que considerou ser uma “vitória”, em Israel o clima era de desconfiança e amargura em relação à trégua, anunciada menos de uma hora depois da morte de dois civis atingido por uma saraivada de morteiros num kibutz (cooperativa) a menos de 1km da fronteira.

Foi o presidente da Autoridade Nacional Palestina, Mahmoud Abbas, quem se apressou a fazer o anúncio. De Ramallah, na Cisjordânia, Abbas fez um discurso transmitido ao vivo pela TV às 18h40 (12h40 horário de Brasília).

— Quero anunciar que a direção palestina respondeu ao apelo dos irmãos egípcios para adotar um cessar-fogo geral e permanente a começar às 19h pelo relógio do Cairo e da Palestina (13h em Brasília) — afirmou Abbas, que se referiu também a um segundo estágio de negociações, que começaria em um mês. — Esperamos que isso aconteça ao mesmo tempo em que as demandas e necessidades do nosso povo de Gaza sejam cumpridas, com o fornecimento de comida e equipamento médico e a reconstrução de tudo o que foi destruído pela agressão (de Israel).

Em seguida, começaram as comemorações nas ruas de Gaza, que incluíram distribuição de doces e tiros para o alto. Milhares de pessoas levaram bandeiras do Hamas (verdes) e do grupo moderado Fatah (amarelas) gritando, entre outros bordões, “A resistência venceu!”. Alguns dos principais líderes do Hamas, que há mais de cinco semanas se escondiam em abrigos antiaéreos, reapareceram, entre eles o ex-chanceler Mahmoud Al-Zahar. Mas o número 1 do grupo, Ismail Hanyiah, só se manifestou via Twitter, agradecendo à Turquia e ao Qatar pela ajuda ao Hamas. Os mais conhecidos porta-vozes do grupo improvisaram uma entrevista coletiva na Cidade de Gaza afirmando que a trégua é “um avanço” para a organização." Leia mais


«
Next
»
Previous