Vídeos

URGENTE VEJA




" });

Notícias em Foco

Mundo dos Esportes

Noticias Itaocara e Região

Saúde em Ação

RÉVEILLON NO UNIÃO 2017

RÉVEILLON NO UNIÃO 2017
CLICK NA FOTO

Galeria de Fotos

» » » Ex-diretor da Petrobras, Duque foi indicado pelo PT; relembre

Renato Duque trabalhou por mais de 30 anos na Petrobras e foi indicado pelo PT para o alto escalão da empresa, onde ocupou a Diretoria de Serviços entre 2004 e 2012. O nome dele teria sido sugerido pelo ex-ministro José Dirceu, condenado no processo do mensalão por corrupção ativa. Nomeado no governo Lula, o ex-diretor deixou o posto já quando Dilma Rousseff era a presidente, e foi preso em sua residência na manhã desta sexta (14), no bairro da Barra da Tijuca. Suspeito de ter participado do esquema de propinas da empresa, ele foi conduzido para a superintendência local da Polícia Federal.
O ex-diretor de Refino e Abastecimento da estatal do petróleo Paulo Roberto Costa, que fez acordo de delação premiada e atualmente cumpre prisão domiciliar, revelou durante depoimento à PF e ao Ministério Público Federal ter conhecimento de irregularidades praticadas na Diretoria de Serviços da empresa e na divisão internacional da estatal entre 2004 e 2012. À época, o diretor de Serviços da petroleira era Renato Duque. Segundo Costa, o PT recolhia para o seu caixa 100% da propina obtida na diretoria de Duque.
"Olha, em relação à Diretoria de Serviços [comandada por Renato Duque], todos sabiam que 2%, dos 3% [cobrados de propina], eram para atender ao PT, através da Diretoria de Serviços. Outras diretorias, como Gás e Energia e Exploração e Produção, também eram PT. [...] O comentário é que, neste caso, os 3% ficavam diretamente para o PT porque eram diretorias indicadas PT com PT", declarou Costa à Justiça Federal.
A Petrobras está no centro das investigações da operação Lava Jato. O esquema, segundo a PF, foi usado para lavagem de dinheiro e evasão de divisas que, de acordo com as autoridades policiais, movimentou cerca de R$ 10 bilhões. Leia mais

«
Next
»
Previous