Vídeos

URGENTE VEJA




" });

Notícias em Foco

Mundo dos Esportes

Noticias Itaocara e Região

Saúde em Ação

OS ÚNICOS QUEM?

OS ÚNICOS QUEM?
CLICK NA FOTO

Galeria de Fotos

» » 'The Economist': Dilma muda o curso

revista britânica The Economist  publicou nesta sexta-feira (28/11) um artigo onde analisa a escolha da nova equipe econômica brasileira. "Em  2005 houve um debate fervoroso entre as duas figuras mais poderosas no governo do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Antonio Palocci, o ministro da Economia, propôs aproveitar o crescimento econômico acelerado para eliminar o persistente déficit fiscal — e assim baixar suas exorbitantes taxas de juros — ao segurar o aumento nos gastos do governo. Mas Dilma Rousseff, ministra da CasaCivil de Lula, achou o plano de Palocci “rudimentar” e o vetou. Em 2011, ela se tornou a sucessora de Lula, implementando um “novo modelo econômico” que colocou o emprego pleno e os aumentos salariais à frente do rigor macroeconômico", diz a matéria.
"O rigor orçamental voltou a assombrar Dilma, que ganhou o direito a governar por um segundo mandato no mês passado, com a menor das margens. Ela anunciou Joaquim Levy, um dos representantes de Palocci em 2005, como seu novo ministro da Fazenda. Nelson Barbosa, o economista mais competente no PT assume o Ministério do Planejamento. Levy é um economista que estudou em Chicago e nos últimos tempos era diretor-superintendente do Bradesco Asset Management; sua indicação foi bem recebida pelos investidores. Parece que Dilma finalmente admitiu seu erro cometido até há pouco na escolha dos caminhos econômicos", continua o artigo." Click leia mais

«
Next
»
Previous