Vídeos

URGENTE VEJA




" });

Notícias em Foco

Mundo dos Esportes

Noticias Itaocara e Região

Saúde em Ação

RÉVEILLON NO UNIÃO 2017

RÉVEILLON NO UNIÃO 2017
CLICK NA FOTO

Galeria de Fotos

» » Justiça de MG suspende benefício de ex-deputado condenado no mensalão

Decisão foi motivada por vídeo em que ele estaria bebendo cerveja, diz TJ.
Romeu Queiroz foi condenado por corrupção e lavagem de dinheiro.

A Justiça mineira suspendeu o direito de trabalho externo e saídas temporárias do ex-deputado Romeu Queiroz, condenado a 6 anos e 6 meses por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no processo do mensalão, por causa de um vídeo em que ele aparece bebendo cerveja em um bar de Belo Horizonte (veja acima). Presos em regime semiaberto não podem consumir bebida alcoólica. A defesa considerou a decisão “injusta” e negou que Queiroz tenha bebido.
O ex-deputado cumpria pena no semiaberto – regime em que o preso pode trabalhar durante o dia e deve voltar à noite para a prisão. Ele está detido na Penitenciária José Maria Alkimin, na Região Metropolitana da capital mineira e trabalhava em sua empresa desde janeiro do ano passado.
De acordo com o Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), a decisão cautelar, divulgada nesta terça-feira (27), é da Vara de Execuções Penais de Ribeirão das Neves. Com a decisão, que não representa uma regressão para o regime fechado, Queiroz não poderá sair do presídio.
O vídeo em que o ex-deputado aparece ingerindo bebida alcoólica foi encaminhado ao G1 pelo VC no G1. No conteúdo, enviado por um advogado que preferiu não se identificar, Romeu Queiroz está sentado em um bar no bairro Lourdes, região nobre da capital mineira, acompanhado por um homem.

«
Next
»
Previous