Vídeos

URGENTE VEJA




" });

Notícias em Foco

Mundo dos Esportes

Noticias Itaocara e Região

Saúde em Ação

OS ÚNICOS QUEM?

OS ÚNICOS QUEM?
CLICK NA FOTO

Galeria de Fotos

» » Obras da diretoria de Graça tiveram desvio de R$ 700 mihões

Projetos assinados pela ex-presidente,que também foi diretora Gás e Energia ,estão nalista de obras superfaturadas que causaram perdas à estatal

Projetos assinados pela ex-presidente da Petrobras Graça Foster, na época em que era diretora de Gás e Energia da empresa, estão na lista das obras superfaturadas que causaram perdas de 6,2 bilhões de reais, de 2004 a 2012. A petroleira assumiu na quarta-feira, que parte do dinheiro, 700 milhões de reais, foi desviada da diretoria comandada por Graça no período de 2007 a 2012.

Graça deixou a diretoria de Gás e Energia para ocupar a presidência da Petrobras, em janeiro de 2012. Três meses depois, afastou os diretores Paulo Roberto Costa, que ocupava a área de Abastecimento; Renato Duque, de Serviços; e Jorge Zelada, da Internacional. Costa - que se tornou o principal delator do esquema de corrupção - e Duque foram presos durante as investigações da Operação Lava Jato.

A área de Abastecimento, responsável por refinarias e pela comercialização de petróleo, concentrou mais da metade do total da corrupção: 3,4 bilhões de reais. A área de Exploração e Produção - que o ex-deputado federal Severino Cavalcanti (PP/PE) definiu como a que "fura poço e acha petróleo" - foi responsável pelo desvio de 2 bilhões de reais. Há ainda 100 milhões de reais em "outros" departamentos. Leia mais

«
Next
»
Previous