Vídeos

URGENTE VEJA



" });

Notícias em Foco

Mundo dos Esportes

Noticias Itaocara e Região

Saúde em Ação

OS ÚNICOS QUEM?

OS ÚNICOS QUEM?
CLICK NA FOTO

Galeria de Fotos

» » Secretaria classifica de 'truculenta' tentativa de invasão a prédio em SP

Grupo que estava em ato de professores tentou arrombar porta de edifício.
Reunião entre governo e grevistas terminou sem acordo nesta quinta-feira.

Secretaria de Estado da Educação divulgou nota nesta quinta-feira (23) na qual classifica como “truculenta, não democrática e inaceitável” a tentativa de invasão à sede da pasta, na Praça da República, no Centro de São Paulo.

O tumulto ocorreu após uma reunião com professores da rede estadual que estão em greve há mais de 40 dias. O encontro terminou sem acordo.

A secretaria diz que apresentou três propostas, entre elas manutenção de uma "política salarial pelos próximos quatro anos com data base em 1º de julho".

Entretanto, a secretaria admite que no encontro não foi apresentado nenhum percentual de reajuste. O sindicato, também em nota, diz que o governo "nada propõe" e desrespeita os professores.

Tumulto e depredação
O tumulto ocorreu depois do encontro de líderes da greve com o secretário Herman Voorwald. Insatisfeitos com o resultado da reunião, os professores decidiram em assembleia continuar a greve e fazer uma passeata por ruas do Centro. Entretanto, um grupo dissidente tentou invadir a sede da secretaria.

A Polícia Militar usou bombas de gás para afastar os manifestantes, que também atiraram pedras contra a fachada do prédio. Ninguém foi preso.

A Secretaria da Educação divulgou imagens registradas de dentro do prédio no momento da depredação (veja acima). Em nota, a pasta afirma que "dezenas de manifestantes quebraram vidros, arremessaram pedras, pedaços de ferro e colocaram em risco funcionários que estavam no interior do prédio".

A secretaria diz que o ato deixou vigias e seguranças feridos (veja abaixo a íntegra da nota). Leia mais

«
Next
»
Previous