Vídeos

URGENTE VEJA




" });

Notícias em Foco

Mundo dos Esportes

Noticias Itaocara e Região

Saúde em Ação

RÉVEILLON NO UNIÃO 2017

RÉVEILLON NO UNIÃO 2017
CLICK NA FOTO

Galeria de Fotos

» » Odebrecht e Gutierrez eram mais sofisticadas na corrupção, diz MPF

14ª fase da Operação Lava Jato foi deflagrada nesta sexta-feira (19).

Justiça Federal expediu 12 mandados de prisão contra executivos.
A Polícia Federal e o Ministério Público Federal afirmaram nesta sexta-feira (19) que as empresas Odebrecht e Andrade Gutierrez, alvos da 14ª fase da Operação Lava Jato, agiam de forma mais sofisticada no esquema de corrupção e fraudes de licitações da Petrobras. Esse diferencial, de acordo com Carlos Fernando dos Santos Lima, procurador do MPF, estava no pagamento de propina a diretores da estatal via contas bancárias no exterior.

A 14ª fase da Operação Lava Jato foi deflagrada nesta sexta-feira em São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Rio Grande do Sul e teve como alvo as empreiteiras Odebrecht e Andrade Gutierrez.

Dos 12 mandados de prisão expedidos pela Justiça, até as 10h50, nove foram cumpridos, conforme a Polícia Federal. Entre os detidos, estão:

Odebrecht
Marcelo Odebrecht, presidente
Alexandrino Alencar
Márcio Faria
Rogério Araújo

Andrade Gutierrez
Otávio Marques Azevedo, presidente

Todos os presos serão levados para a carceragem da PF, em Curitiba, ainda nesta sexta-feira. Segundo o delegado Igor Romário de Paula, o deslocamento será feito com um avião da PF no final da tarde. Leia mais



Lava Jato cumpre 59 mandados em quatro estados na 14ª fase

Operação é realizada nesta sexta (19) em SP, RJ, MG e RS.
Presidentes das construtoras Odebrecht e Andrade Gutierrez foram presos. Veja

«
Next
»
Previous