Vídeos

URGENTE VEJA




" });

Notícias em Foco

Mundo dos Esportes

Noticias Itaocara e Região

Saúde em Ação

RÉVEILLON NO UNIÃO 2017

RÉVEILLON NO UNIÃO 2017
CLICK NA FOTO

Galeria de Fotos

» » Ex-chefe da Casa Civil foi preso Dirceu montou esquema na Petrobras enquanto era ministro, diz MPF

Ex-chefe da Casa Civil foi preso nesta segunda (3), na 17ª fase da Lava Jato.
Dirceu 'teria persistido' em propina após deixar o governo, diz juiz.

O Ministério Público Federal e a Polícia Federal afirmaram nesta segunda-feira (3) que o ex-ministro José Dirceu, preso na 17ª fase da Operação Lava Jato, participou da instituição do esquema de corrupção da Petrobras quando ainda estava na chefia da Casa Civil.

SIGA: a cobertura da 17ª fase em tempo real

O ex-ministro "repetiu o esquema do mensalão", disse procurador Carlos Fernando dos Santos Lima em entrevista em Curitiba. Segundo ele, Dirceu foi um dos líderes e beneficiários do esquema na Petrobras, mesmo durante e após o julgamento do mensalão.

"José Dirceu recebia valores nesse esquema criminoso enquanto investigado no mensalão e enquanto foi preso. Seu irmão fazia o papel de ir até as empresas para pedir esses valores." O procurador afirmou que esta foi uma das razões que motivaram o novo pedido de prisão para Dirceu, que já cumpría prisão domiciliar por condenação no mensalão.

O irmão do ex-ministro, Luiz Eduardo de Oliveira e Silva, era sócio dele na JD Consultoria, empresa suspeita de receber R$ 39 milhões por serviços que não foram feitos. Segundo as investigações, era por meio dela que propinas por contratos na estatal eram pagas. O grupo criminoso também teria recebido valores ilícitos em dinheiro e por meio de prestadores de serviços. Silva foi um dos sete presos da 17ª fase da Lava Jato (veja a lista completa de presos mais abaixo). Leia mais

«
Next
»
Previous