Vídeos

URGENTE VEJA




" });

Notícias em Foco

Mundo dos Esportes

Noticias Itaocara e Região

Saúde em Ação

OS ÚNICOS QUEM?

OS ÚNICOS QUEM?
CLICK NA FOTO

Galeria de Fotos

» » Randolfe Rodrigues anuncia que deixa PSOL e negocia com a Rede

Senador comunicou neste domingo decisão de deixar PSOL.
Ele deve ir para a sigla de Marina, mas diz que decisão não está fechada
Único nome do PSOL no Senado, o senadorRandolfe Rodrigues (AP) comunicou, neste domingo (27), que deixará o partido. Ele, que passou 10 anos no PSOL, disse ao G1 que negocia ida para o Rede Sustentabilidade, deMarina Silva, mas afirmou que a decisão ainda não está fechada.

A Rede, sigla fundada por Marina Silva, teve o registro autorizado pelo Tribunal Superior Eleitoral na última terça (22).

“Comuniquei neste domingo ao partido e às pessoas que estão em torno do mandato sobre a minha saída. Ainda não defini o meu destino, embora a Rede seja forte possibilidade”, afirmou. Randolfe tem uma reunião com Marina Silva na tarde desta segunda (28), em Brasília.
Segundo o senador, a relação dele com o partido estava desgastada e, por isso, a melhor decisão seria sair do PSOL. “Partido é um pouco como casamento. Tem hora que a relação está muito desgastada e a melhor coisa, para continuar amigo, é cada um seguir o seu caminho”, afirmou.

Segundo Randolfe, a relação dele com o PSOL se desgastou muito depois de ele ter renunciado à candidatura para as eleições presidenciais de 2014. Na ocasião, ele foi substituído pela ex-deputada Luciana Genro (PSOL-RS).

O senador disse que tentou integrar a direção do partido no Amapá e não teve sucesso. “Quando eu fui vetado até de integrar a direção local do partido, vi que havia claramente uma manifestação do partido de que eu estou sobrando”, disse.

Eleições 2016
A decisão de sair do PSOL não tem relação com as eleições de 2016, segundo o senador.

O G1 mostrou que, pouco mais de um ano antes da eleição de 2016, deputados e senadores insatisfeitos nos próprios partidos se movimentam para trocar de legenda a tempo de concorrer.
O prazo para que um candidato possa se registrar em uma legenda e disputar um cargo eletivo na eleição municipal do ano que vem termina na próxima sexta-feira (2), exatamente um ano antes das próximas eleições.

Veja mensagem que o senador enviou aos integrantes do PSOL:

"Caros militantes do PSOL,

A partir de hoje deixo de ser um filiado e passo a ser um amigo do partido. Tenho orgulho de ter feito parte da construção do PSOL. Um partido de lutas justas e de resistência contra os ataques aos direitos individuais e coletivos. Um partido irrepreensível do ponto de vista ético, de prática parlamentar irretocável e onde guardo uma multidão de companheiros.

No entanto, o ambiente político exige uma maior capacidade de articulação política. Exige amplitude, exige multiplicidade de relações, para que se construam organizações políticas capazes de atrair jovens, intelectuais, artistas, membros do movimento social, ativistas, militantes das redes sociais e todos aqueles que possam abraçar uma agenda comum em defesa do desenvolvimento soberano e sustentável e da superação das desigualdades econômicas e sociais.

Este é um movimento que ocorre em todo o planeta e sinto que tenho um papel a cumprir neste novo cenário. Faço isso pensando no Brasil, no meu querido Estado do Amapá e em última instância na melhoria da qualidade de vida do povo brasileiro.

Tenho certeza que honrei minha presença no PSOL, como militante, como construtor do partido e como senador. Saio para fortalecer minhas convicções e não para abandoná-las.

Estou convicto que se a vida só pode ser compreendida olhando-se para trás, também só pode ser vivida, olhando-se para frente.

Um forte abraço a todos.

Randolfe Rodrigues"

«
Next
»
Previous