Vídeos

URGENTE VEJA




" });

Notícias em Foco

Mundo dos Esportes

Noticias Itaocara e Região

Saúde em Ação

OS ÚNICOS QUEM?

OS ÚNICOS QUEM?
CLICK NA FOTO

Galeria de Fotos

» » Furacão Patricia atinge a costa oeste do México ventos de até 270 km/h.

Furacão de categoria 5 chegou com ventos de até 270 km/h.
Fenômeno avançou pelo Pacífico e atingiu o estado de Jalisco.
O furacão Patricia, o mais poderoso já registrado tanto no nordeste do Oceano Pacífico quanto no Oceano Atlântico, segundo a Organização Meteorológica Mundial, atingiu a costa oeste do Méxiconesta sexta-feira (23).O fenômeno chegou no estado de Jalisco por volta das 21h10 (horário de Brasília). Segundo comunicado da Administração Nacional Oceânica e Atmosférica dos Estados Unidos (NOAA, na sigla em inglês), o furacão atingiu as proximidades da cidade de Cuixmala, que fica a cerca de 85 km de Manzanillo, com ventos de velocidade máxima estimada em 270 km/h.
O furacão Patricia é visto em imagem infravermelha do satélite Suomi
NPP, da NASA-NOAA. As temperaturas nas nuvens ao redor do olho do furacão
 variavam de -93 C a -83 C às 20h20 de sexta(horário de Brasília)
(Foto: Reuters/NASA-NOAA)
O Patricia avançou nesta sexta pelo Pacífico ao sudoeste do Porto de Manzanillo com ventos constantes de 325 km/h e máximos de 400 km/h.

O presidente Henrique Peña Nieto afirmou pela rede social Twitter: "O Furacão Patricia já está na costa do México. Não saiam. Protejam-se e sigam as indicações da Proteção Civil".

No Twitter da presidência foi publicado que as chuvas seguirão intensas nas próximas horas. A mensagem também pedia que a população se mantivesse calma e não espalhasse boatos. Outra mensagem também alertava para a aparente tranquilidade da passagem do olho do furacão: "A passagem do olho do furacão Patricia cria uma aparente calma, depois volta com as força dos ventos".

O coordenador nacional da Defesa Civil, Luis Felipe Puente, tuitou às 21h50 que os governadores de Jalisco, Colima e Nayarit não reportavam nenhuma destruição após a chegada do Patricia.

Por volta das 22h45, as autoridades começaram a receber avisos sobre pequenos alagamentos, segundo a agência AP. A rota prevista do furacão inclui na sequência uma passagem por uma zona montanhosa com vilas isoladas, que podem ser afetadas por deslizamentos de terra
.>>>Leia Mais
Sequência de imagens mostra a movimentação do furacão Ptricia nesta sexta-feira (23) (Foto: NOAA)Sequência de imagens mostra a movimentação do furacão Ptricia nesta sexta-feira (23) (Foto: NOAA)

«
Next
»
Previous