Vídeos

URGENTE VEJA




" });

Notícias em Foco

Mundo dos Esportes

Noticias Itaocara e Região

Saúde em Ação

OS ÚNICOS QUEM?

OS ÚNICOS QUEM?
CLICK NA FOTO

Galeria de Fotos

» » TCU ABRE SESSÃO AO VIVO! ACOMPANHE!

http://g1.globo.com/politica/ao-vivo/2015/cobertura-ao-vivo.html

O ministro Carreiro em seu voto,  pede o arquivamento do processo que pede o afastamento de Augusto Nardes do julgamento das contas de Dilma.

TCU nega pedido do governo e mantém Nardes como relator
Executivo alegava que o ministro teria antecipado seu voto pela rejeição.
Solicitação tinha que ser analisada antes do julgamento das contas de 2014.


Bugarin fala sobre as irregularidades encontradas, como omissão de informações, abertura de créditos suplementares por meio de decreto sem autorização prévia do Congresso Nacional e os adiantamentos concedidos por bancos públicos e pelo BNDES para cobrir despesas da União, o que configuraria empréstimos – que são as pedaladas fiscais.


Adams diz que a operação com bancos públicos não foi de crédito. "Esse tema adquiriu um contorno excessivamente político. Esse é um tema técnico."
Adams diz que o governo tirou famílias do Bolsa Família em um ano eleitoral, o que mostra que o governo estava preocupado em ajustar o orçamento.
"Decretos orçamentários foram adotados dentro do que a lei prevê", diz Adams.
"O governo está adotando portarias para estabelecer travas de formas mais assertivas", diz Adams, referindo-se a operações com bancos públicos. Segundo ele, não há datas certas para tomada de recursos e pagamentos.
O advogado-geral da União diz que a Caixa Econômica nunca se tornou credora da União.
Adams diz que as contas são feitas com base em atos do passado. Entendimentos que já foram aceitos pela Corte são questionados agora, segundo o governo. O que o governo fez foi executar uma relação contratual com cláusulas que nunca tinham sido impugnadas, diz o advogado.
O advogado-geral da União diz que enviou ao TCU 2 mil páginas de reportagens sobre o julgamento. Adams pediu o afastamento do ministro Augusto Nardes do processo, porque ele teria adiantado o voto em entrevistas, o que foi negado pelo plenário.

Adams diz que respeita a decisão do TCU, mas "ao contrário do que se disse, de que se tratava de um ataque à Corte, não se tratava. Nunca questionei o parecer da área técnica. Posso divergir dela, mas respeito".



Nardes lê o parecer prévio sobre as contas. "Não houve observância plena as leis. [...] As contas não estão condições de serem aprovadas. "

O ministro Augusto Nardes recomendou a rejeição, por parte do TCU, das contas de 2014 da presidente Dilma Rousseff.



O ministro Walton Alencar vota com o relator pela rejeição das contas.

O ministro Benjamin Zymler votou com o relator

O ministro José Múcio Monteiro Filho votou com o relator

O ministro Raimundo Carreiro concordou com o relator.


O ministro Bruno Dantas faz elogios à Corte e vota com o relator.


O ministro Vital do Rego vota com o relator.


Todos os ministros votaram pela rejeição de contas.  foi declarado pelo presidente do TCU.






Festa Patriotica em Brasília...
Posted by Leandro Antônio Cimino on Quarta, 7 de outubro de 2015

«
Next
»
Previous