Vídeos

URGENTE VEJA




" });

Notícias em Foco

Mundo dos Esportes

Noticias Itaocara e Região

Saúde em Ação

OS ÚNICOS QUEM?

OS ÚNICOS QUEM?
CLICK NA FOTO

Galeria de Fotos

» » No Recife, Dilma comete novas gafes ao falar sobre zika

RECIFE - A presidente Dilma Rousseff cometeu novas gafes ao tratar do combate ao mosquito Aedes aegypti após participar de reunião sobre o tema no Recife (PE) neste sábado.

Dilma afirmou que seria uma variante do mosquito que transmitiria o vírus zika, apontado como responsável pelo aumento dos casos de microcefalia. A presidente disse ainda que o ovo do mosquito já continha o vírus.

– Ele (o mosquito) provoca, além da dengue, a chicungunha e ele tem uma variante que transmite o vírus que se chama vírus da zika por causa de uma floresta – disse a presidente. – Precisamos nos mobilizar para evitar os processos de reprodução do mosquito, porque o mosquito transmite essa doença porque ele coloca o ovo e esse ovo tem o vírus que vai transmitir a doença – afirmou ela, em outro momento da entrevista.

O Aedes aegypti transmite dengue, a febre chicungunha e o vírus da zika. O mesmo mosquito transmite as três doenças, não havendo nenhuma variante nova. O mosquito vira vetor de uma delas após picar uma pessoa doente, não sendo verdade que o ovo posto por ele já contenha o zika.

Ao falar do tema nesta sexta-feira a presidente já tinha chamado o mosquito de vírus e o zika de vetor. Disse ainda que o vírus provocaria “mudança genética” em crianças, fetos e recém-nascidos. Não há comprovação de científica de que isso ocorra, assim como ainda não está claro para os especialistas qual a relação exata entre o zika e a microcefalia.>>>FONTE

«
Next
»
Previous