Vídeos

URGENTE VEJA




" });

Notícias em Foco

Mundo dos Esportes

Noticias Itaocara e Região

Saúde em Ação

OS ÚNICOS QUEM?

OS ÚNICOS QUEM?
CLICK NA FOTO

Galeria de Fotos

» » Presidente do Conselho de Ética troca relator do processo de Cunha

José Carlos Araújo disse que decisão ocorreu por ordem da Mesa Diretora.
Determinação foi assinada pelo vice-presidente da Casa, Waldir Maranhão.

O presidente do Conselho de Ética da Câmara, José Carlos Araújo (PSD-BA), comunicou na tarde desta quarta-feira (9), em meio à sessão do colegiado, que a Mesa Diretora ordenou a substituição do deputado Fausto Pinato (PRB) da relatoria do processo que investiga o presidente da Casa, Eduardo Cunha (PMDB-RJ).

A reunião do conselho, que tentou pela sexta vez apreciar o parecer prévio que recomenda a continuidade do processo de cassação, foi marcada por tumultos, bate-bocas, e manobras dachamada "tropa de choque" de Cunha.

Ao final da sessão, o presidente do conselho classificou de "golpe" a decisão de destituir Fausto Pinato.

"Não posso aceitar de bom grado essa decisão [substituição do relator]. Acho que é golpe! Não podemos continuar numa Casa em que a cada instante chega uma ordem diferente pra cumprir, não somos meninos de escola. Somos deputados representando a população", queixo-se Araújo.

Segundo o presidente do Conselho de Ética, a decisão de trocar o relator foi assinada pelo vice-presidente da Câmara, deputado Waldir Maranhão (PP-MA). Integrantes da Mesa Diretora afirmaram que não foram consultados sobre o afastamento de Fausto Pinato da relatoria do caso de Cunha.

Decisão 'monocrática'
O primeiro-secretário da Casa, Beto Mansur (PRB-SP), disse que a decisão foi monocrática, do vice-presidente da Câmara. "Não houve decisão da Mesa sobre isso. Estávamos discutindo [questões] administrativas. Nada de mudança de relator passou no seio da reunião da Mesa", ressaltou Mansur ao final da reunião dos dirigentes da Câmara.

A terceira-secretária da Casa, deputada Mara Gabrilli (PSDB-SP), afirmou que Waldir Maranhão não participou da reunião colegiada da Mesa Diretora realizada na tarde desta quarta. Segundo ela, os demais integrantes do colegiado souberam da substituição do relator pela imprensa.

"O vice-presidente não está na reunião da Mesa. E ele [Maranhão] envolveu todo um colegiado que estava discutindo procedimentos administrativos da Casa. Ninguém estava discutindo Conselho de Ética. Ele não pode dizer que foi a Mesa. A Mesa é um colegiado."

A terceira suplente, deputada Luiza Erundina (PSB-SP), afirmou que teria se posicionado contra a troca de relatoria, se tivesse sido consultada.

"Foi uma decisão monocrática do vice-presidente. Caiu para nós como informação através da imprensa. A gente nem sabia que isso estava sendo discutido. Lamentavelmente, esse caso não surgiu na pauta. Se tivessem dito, seríamos contrários. É lamentável", reclamou Erundina.

Recurso
Ao ler a decisão que determinou a troca do relator, José Carlos Araújo ressaltou que, apesar de confiar em Fausto Pinato, não poderia deixar de cumprir o determinado.

"Eu renovo a confiança no deputado Fausto Pinato na certeza de que ele agiu e tem agido da melhor forma possível, honrando esse conselho, mas, se é uma decisão superior, eu não posso deixar de cumprir", disse, acrescentando que pretende recorrer da decisão. >>>>Click Leia mais

«
Next
»
Previous