Vídeos

URGENTE VEJA




" });

Notícias em Foco

Mundo dos Esportes

Noticias Itaocara e Região

Saúde em Ação

RÉVEILLON NO UNIÃO 2017

RÉVEILLON NO UNIÃO 2017
CLICK NA FOTO

Galeria de Fotos

» » Cientistas americanos pedem cancelamento de Olimpíada por vírus Zika

A preocupação com o vírus Zika tem afetado diretamente a Olimpíada no Rio de Janeiro. Nesta quarta-feira, dois pesquisadores americanos, Arthur Caplan e Lee Igel, assinaram uma coluna na revista Forbes pedindo o cancelamento dos Jogos por conta da proliferação da epidemia.

Caplan é chefe da divisão de ética médica no Centro Médico de Langone, na Universidade de Nova York. Já Igel é professor da mesma universidade e um pesquisador especializado em tomada de decisões e comportamento no trabalho em negócios do esporte. Eles argumentam que abrigar a Olimpíada em agosto nessas condições seria "irresponsável". Eles citam que o turismo deve ser severamente afetado.

"Quem vai viajar para o Rio em meio a uma epidemia de Zika? Não mulheres jovens, que podem ficar grávidas e dar à luz a uma criança com deficiência. Não homens sexualmente ativos que correrão o risco de transmitir o problema à parceira", diz a publicação.

O artigo também cita que os atletas vão querer participar da Olimpíada de qualquer jeito, mas o Comitê Olímpico Internacional (COI) não deveria permitir, e sim "colocar a segurança em primeiro lugar". "A imprensa só vai noticiar sobre mosquitos e deficiências de nascimento", previu o texto.

Os autores encerram dizendo que o COI precisa adiar os Jogos ou cancelá-los por completo diante de uma "séria ameaça à humanidade".

Na última segunda-feira, o ministro-chefe da Casa Civil, Jaques Wagner,reconheceu a preocupação com o vírus Zika, mas descartou cancelar a Olimpíada por isso, dizendo que o "esclarecimento" é a melhor forma de combater o problema. >>>>>FONTE

«
Next
»
Previous