Vídeos

URGENTE VEJA



" });

Notícias em Foco

Mundo dos Esportes

Noticias Itaocara e Região

Saúde em Ação

OS ÚNICOS QUEM?

OS ÚNICOS QUEM?
CLICK NA FOTO

Galeria de Fotos

» » » » Itaocara começou a vacinar população contra a febre amarela

Começou nesta terça-feira (07) a campanha de vacinação contra a febre amarela no município de Itaocara. A Secretaria de Saúde recebeu do governo o estado 18,7 mil doses para toda a população com idade acima dos nove meses até os 59 anos. O município não faz parte da área endêmica da doença, mas a intenção do Estado é criar um bloqueio contra um possível avanço da febre amarela.

Os moradores do município que estão incluídos no público alvo deverão procurar um dos postos de saúde das 8h às 16h levando algum documento de identificação e carteira de vacinação. Os postos de saúde que receberão as doses são: Centro de Saúde (bairro Caxias), UBS da Cidade Nova, UBS do BNH, UBS de Jaguarembe, UBS de Portela, UBS de Laranjais, UBS de Batatal e UBS de Estrada Nova. No próximo sábado (11), os postos de saúde também estão abertos para vacinar a população. A Coordenação de Imunização de Itaocara explica que não é mais preciso agendar.

A Coordenação de Imunização do município destaca que para os maiores de 59 anos a vacina é contraindicada devido as complicações serem maiores. Entre as complicações está o surgimento de doença viscerotrópica. Em caso de dúvidas, os maiores de 59 anos deverão buscar orientações médicas.

É importante lembrar que a vacina tem algumas reações. Os sintomas são cefaleia (dor de cabeça), mialgia (dor muscular) e febre. Os sintomas podem durar até dois dias após a aplicação. Pacientes com sintomas mais intensos e prolongados devem buscar avaliação médica.

Além de quem tem mais de 59 anos e menos de nove meses, também não poderão ser vacinados: gestantes e nutrizes; pessoas com alergia a ovo e seus derivados, canamicina e eritromicina; doença febril; doenças que alteram o sistema de defesa, incluindo pessoas que fazem tratamentos quimioterápicos e recebam elevadas doses de corticosteroides; indivíduos com doenças autoimunes; pessoas que tenham doença neurológica de natureza desmielinizante; pacientes transplantados de medula óssea; portadores do HIV; e pacientes com histórico de doença do timo, incluindo miastenia grave, timoma ou tenha removido o timo. Pacientes com diabetes devem se orientar com seu médico antes de se vacinar.

O Ministério da Saúde recomenda que as doses devem ser ministradas em intervalo de dez anos. Ou seja, se o morador já se vacinou há menos de dez anos, não precisa tomar nova dose. Porém, o esquema é diferente para menores de quatro anos.

A Coordenação de Imunização de Itaocara orienta que em caso de dúvida, o morador deverá levar seu cartão de vacinação à uma Unidade de Saúde para avaliação. Maiores informações podem ser obtidas pelo telefone (22) 3861-2057 ou pelo e-mail itaimuniza@gmail.com >>>>>FONTE

Matéria Seylor Ornellas

«
Next
»
Previous