Vídeos

URGENTE VEJA




" });

Notícias em Foco

Mundo dos Esportes

Noticias Itaocara e Região

Saúde em Ação

OS ÚNICOS QUEM?

OS ÚNICOS QUEM?
CLICK NA FOTO

Galeria de Fotos

» » » Protesto pela manutenção do passe livre

Eles reivindicaram prioridade na educação e garantia que o benefício seja mantido integralmente para todos.

Novamente universitários foram às ruas de Itaocara para reivindicar a manutenção do passe livre. Na tarde desta quinta-feira (09), estudantes tomaram o centro da cidade para um ato em defesa do passe livre. Os universitários de Campos dos Goytacazes e Itaperuna estão desde dezembro do ano passado sem o transporte até às universidades.


O grupo de estudantes iniciou a manifestação pacífica na Praça Coronel Guimarães, em frente à Igreja Matriz, por volta das 16. Eles interditavam momentaneamente o trânsito na Rua São José e exibiam dezenas de cartazes aos motoristas.
 Policiais militares e guardas civis municipais acompanhavam a movimentação dos estudantes. De acordo com a GCM Itaocara, eram cerca de trinta manifestantes. Não houve registro de incidentes.

Às 17h, o grupo deixou a praça, de onde os ônibus para as faculdades partiam. Os estudantes seguiram para a Rua Sebastião da Penha Rangel e continuaram com o ato em frente à prefeitura. Eles gritavam palavras de ordem como: "Oh Manoel! Como é que é?! A educação é prioridade ou não é?!" e "Oh Manoel! Me diz então?! Por que pro lixo não teve licitação?!".
Manoel e o vice-prefeito Roberinho deixaram a prefeitura e dialogaram com todos os estudantes após a proposta de que cinco universitários dialogassem dentro da prefeitura ter sido negada pelo grupo.

Dúvidas foram esclarecidas a respeito da manutenção do passe livre, mas os estudantes ainda estão com pouca confiança. Segundo os estudantes, alguns já perderam o semestre devido à falta do transporte. Para ir até uma universidade em Campos, cada um teria que desembolsar cerca de R$ 500,00 mensais. O transtorno começou no final da gestão anterior, mas se arrasta até a atual.


Manoel garantiu que nesta sexta-feira (10) será realizada a licitação para o transporte universitário por seis meses. A licitação está prevista para às 13h. Ele também garantiu que os universitários teriam o transporte integral até o fim do ano, já que a prefeitura pretende adquirir ônibus com o leilão de veículos sucateados.
Ficou acordado que com a licitação amanhã, o transporte para Campos contará com dois ônibus e Itaperuna um ônibus a partir de segunda-feira (13). No entanto, a quantidade de coletivos poderá mudar conforme a demanda. Os estudantes devem ser cadastrados pela Secretaria de Educação. No entanto, não haverá ônibus para os estudantes que passam a semana em Campos dos Goytacazes, retornando para Itaocara nos fins de semana.

A Prefeitura também analisa a questão sobre o transporte dos universitários do distrito de Laranjais, que é o segundo mais populoso, até o Centro. O transporte para quem é do Cederj também está sendo analisado. O prefeito solicitou que um grupo se organize e confirme quantos são os estudantes de Laranjais que precisam vir para o Centro diariamente e quantos frequentam o Cederj nos fins de semana. Manoel também colocou a Secretaria de Educação à disposição para dúvidas e esclarecimentos.

Após o protesto ter se encerrado em frente à Prefeitura, alguns estudantes seguiram para a Câmara Municipal às 19h para pedir apoio dos vereadores em relação ao transporte universitários.


Matéria Seylor Ornellas
Fotos By Elisabete Carvalho






































«
Next
»
Previous